terça-feira, 29 de abril de 2008

Ele, Ela...

Ela - Onde esta ela, onde esteve por todo esse tempo, ela que aspira poesia, tão romantica que chega a ser boba, ela que com toda sua graça nasceu para amar e ser amada, seu cheiro, seu sorriso lindo cheio de otimismo, ela que me completa que é o oposto de mim, vive um conto de fadas...

Ele - Onde está ele, o que fez durante tanto tempo sem mim, tão mau humorado quase ranzinsa, as vezes acho até que nasceu no século errado. um bobo com seu jeito de amar todo seu, seus cabelos bagunçados seus olhos brilhantes e pessimistas, tão relaxado, o oposto de mim, vive no mundo da lua...

Ela - Procurei nos shoppings, nos bares, nos eventos dos mais diversos, achei que estaria lá, olhei em cada filme de Ficção, por todos os planetarios que passei, procurei em cada estrela e por vezes pensei achar quando uma ou outra mergulhava no éu...

Ele - Procurei nos livros contos de fada fantasias quase sempre, procurei nos filmes nas musicas e quase achei, eu sinto isso, mergulhei em cada historia em cada final feliz que encontrei segui a musica a poesia e ainda assim não achei, procurei todos as noites na Lua e as vezes pensava ver seu rosto a desenharse nela...

Eles - Fui ingenuo(a), um(a) sonhador(a) que achou que poderia acha-la(o), como pude me enganar por tanto tempo, como pude jogar minha vida fora num sonho bobo e infantil de amor eterno e incondicional... como??? Ela(e) nunca existiu, um fruto da minha imaginação, isso mesmo, me enganei, apostei e perdi...

Ela - Ou quem sabe ele só esteja um pouco emburrado como sempre, deve ser isso, ele é assim mesmo e fica tão bonitinho quando está zangado...

Ele - O que eu estou dizendo, ela me daria uma bronca se me visse assim, ahhrr fazer a barba, tomar um banho, me arrumar, nunca se sabe quando minha princesa dos contos de fada vai chegar...


Por John Doe

14 comentários:

BAh disse...

Muito, muito legal!
Parabéns!

Vanrogue disse...

Esse texto foi uma tirada de mestre hein... fazia tempo que eu não via uma ideia tão original assim sua.
Parabens o/

nj.marabuto disse...

genial a estrutura do texto, em especial, a estética do desfecho.


____
ps.: invasivo seria em perguntar seu nome? é que estou linkando, mas considero isso uma coisa pessoal demais para pseudônimos. hahah

abraço

Mike disse...

grande john...
desencontros são mais comuns que o imaginável... às vezes por segundos, horas, anos, vidas...

Andréia disse...

profundamente tocada...
sem palavras pra fazer qualquer outro comentário.

Camilinha disse...

O amor como imaginamos é sempre um conto de fadas. O verdadeiro está bem longe disso... Uma pena. Seria bom viver sonhando um mundo de fantasias, né?!

beijos daqui...

Alice disse...

Oi Joe !! adorei seu comentário lá no "país do pensamento".. vc acertou na mosca: eu nunca vou crescer.... o problema é que as pessoas sempre me pressionam para isso... porque será que os seres humanos sempre se interessam tanto por comandar a vida alheia?... seria bom se tivéssemos uma resposta verdadeira para essa questão.
Adorei teu post.

bjkas pra vc e um ótimo feriado.

Juliana Caribé disse...

Eu sempre tive o hábito de andar mais ou menos arrumada. Eu ia à padaria, passava perfume, colocava brinco, calçava o tênis ou uma sandália bonitinha. As pessoas me perguntavam "pra que se arrumar desse jeito? Você só vai à padaria!". E eu respondia: "mas quem sabe meu príncipe encantado não aparece por lá? Eu preciso estar bonitinha...". Era brincadeira e eu me divertia, mas é assim. O amor pode estar em qualquer lugar e ele geralmente aparece quando não estamos procurando. Eu achei o meu, e nem foi numa padaria... rs

Beijos,.

Lucas disse...

muito interessante teu blog cara, achei muito bom os posts! parabéns e valeu pela visita!! abraçoa e

Alice disse...

Hey,

Gostei do texto. Duas vozes - A menina e o menino e as mesmas dúvidas. Essa busca pelo amor perfeito é tão cotidiana. A gente não escapa dessa procura. Gostei de verdade.

E vc esteve lá e leu meu texto sobre as imagens que criamos das pessoas. Eu crio imagens e você também deve ter milhões delas. Bom ter essas imagens. E minha impressão sobre você:

Gosta de preto
Gosta de inglês
Escreve sem medo
E fala de amor

Deve ser do bem. Gente assim é sempre do bem.


Se cuida...

Letícia

E bom saber que os textos do Cosmic Library fazem parte de suas leituras. Uma honra pra mim que os escrevo.

Alice disse...

Adorei o selo de Escritores da Liberdade. Onde compro? ;)

See you.

Dauri Batisti disse...

A falta, sempre a falta, definindo expectativas, ansiedades, buscas, mudanças, neuroses, artes, ...

John Doe disse...

Vlw pessoal, tb gostei bastante desse texto, queria escrever assim sempre acho mais bacana que meus textos habituais, mas inspirações como estas são raras...

Andrea P. disse...

Singelo e Lindo