terça-feira, 6 de maio de 2008

A Vida sem sentido...

Eu queria escrever algo bonito dando sentido a vida, passei o ultimo fim de semana pensando nisso, um fim de semana que digas-se de passagem foi muito bom, um fim de semana como eu não tinha há muito tempo, passei a segunda feira ainda extasiado com as sensações, até a dor agonizante que eu sentia em cada músculo do meu corpo não era o bastante parta me tirar a calma que me envolveu nos últimos dias, por um instante quase pensei que podia continuar assim sempre, ledo engano, mais uma vez só posso dizer que nunca aprendo, a mundo é uma prévia do inferno, as pessoas são naturalmente más e estúpidas, elas mentem, elas traem, por que lutar com isso? Acreditem não vale a pena, as piores pessoas ainda são as que tentam afinal, alguém em conflito consigo mesmo acaba se tornando um perigo para si e para os outros ao seu redor, não que isso faça tanta diferença no quadro geral das coisas.

É amigos, mais uma vez me deixei iludir pela maldita calmaria antes da tempestade, me deixei enganar pelas fagulhas de felicidade que a vida te oferece apenas para que você contemple o que nunca poderá ter, agora olhando bem, passei um fim de semana inteiro lutando para tentar fazer parte de algo para me socializar por assim dizer, e o Maximo que consegui foi não ser invisível embora nenhuma delas possa dizer com certeza se fui uma companhia agradável, não nasci para viver em sociedade, não sou fácil de lidar e sou sim um mau humorado, ranzinza, e com certeza um pessimista auto-destrutivo, e que se dane se não gostam disso, foda-se essa historia de contos de fada, eles só existem nas paginas de livros infantis, foda-se a falsidade e o bom trato, as pessoas não se amam de verdade, elas não se importam você só tem importância pra alguém enquanto tiver alguma utilidade depois disso, que se foda você, não se sinta insultado estou só expandindo meus pensamentos e quem sabe abrindo sua mente para algumas verdades que você não quer enxergar...

Viva feliz em seus sonhos e tente se manter vivo enquanto acordado porque aqui, a lei é a da selva e só os mais fortes sobrevivem.

PS¹.: Coloco uma foto mais tarde prometo.
PS².: Sem PS² Problemas resolvidos...

Por John Doe

24 comentários:

BAh disse...

Dê uma passada aqui...
http://mude.blogspot.com/

Não possuo respostas para todas as tuas perguntas. Mas te afirmo uma coisa: eu já cheguei a este ponto. Foi sofrido sair deste estágio, mas foi depois disso que eu comecei a, realmente, entender que o que eu buscava estava mais perto do que eu imaginava.

Polly . disse...

ah eu realmente gostei do q vc escreve
=)
parabens
;*

Edson Marques disse...

Jonh Doe!

Teu comentário diz que "saltr profundo é uma bobagem, pois sempre se cai no abismo".

Uma solução seria, antes de saltar, virar o abismo de ponta-cabeça...


Quanto às "fagulhas de felicidade" citadas no teu texto, também as acho ilusórias. Me agrada mais o conceito de felicidade dos filósofos cínicos: uma vez alcançada, nunca mais a perdemos!


Abraços, flores, estrelas...

Estava Perdida no Mar disse...

Mas a questão é exatamente esta...quanto mais vc desejar acreditar, mais as coisas vão parecer ao contrário. A diferença entre quem tem fé e quem não tem é esta. Muito fácil só acreditar quando está tudo indo bem.
Beijos
Obrigada pela visita

Gabi disse...

Viver em sociedade não é legal e o universo conspira contra...


Bom texto.

nj.marabuto disse...

porra Luiz, valeu o elogio ao novo layout! ninguém falou nada só tu. ahah sei lá se entenderam, às vezes só eu mesmo e é isso que importa, afinal, não é mesmo?

tô em dia de desabafo também lá no S.E. quanto ao teu... aceitação é a palavra! temos que saber aceitar o pacote completo, as antíteses sempre caminham lado a lado. saúde e doença, riqueza e pobreza, bem e mal, etc. não temos que ser nem otimistas alienados, tampouco pessimistas autodestrutivos. aceitar a vida como ela é e tirar o que ela tem de melhor, saber se preservar na medida do possível, mas sem se privar do que realmente vale a pena. pois vai continuar a valer a pena mesmo vindo em seu DNA a sua própria antítese imanente.

abraço

Jacinta disse...

Ei John,
fico assim, passeando pelas linhas do texto procurando a chave de leitura. Parece que vejo um incômodo da pessoa em se colocar diante da vida, com seus defeitos e suas qualidades. Não sei, talvez algo como "ensimesmar" e então, a presença do outro é dolorida demais para se enfrentar.
Gosto da problematização que vem imbutida nos seus textos.
Abraços

Bel Gasparotto disse...

Olá, retribuindo a visita...

De vez em quando também escrevo meus desabafos, minhas desilusões, e não sei pq, sempre tenho medo da calmaria. Acho que a gente se acostuma a esperar a tempestade, né?

Bj

Petê disse...

Por problemas internéticos, não conseguirei ler seu blog hoje. Mas eu volto...

Gabi disse...

Querido, que blog lindo que vocÊ tem, viu?!
Obrigada pela visita ao meu cantinho rosa.
BEIJOS!

Dauri Batisti disse...

John,

como foi o fim de semana? Vai, conta, por favor.
Escreve mais. Abre essa frase "foi muito bom, um fim de semana como eu não tinha há muito tempo, passei a segunda feira ainda extasiado com as sensações" reparte em pedaços, aumenta, destribui, seja generoso com os amigos dos blogs.
Não dá para se negar a isso. Com o seu jeito de escrever o texto sobre fim de semana será lindo.

Juliana Caribé disse...

Eu também pensava assim como você: que as pessoas são todas más, que elas traem e mentem deliberadamente. Deixei de acreditar nelas. Mas estou, com muita calma e paciência, reaprendendo a crer na boa fé que move algumas dessas gentes. Às vezes, mesmo a mentira não é maldade. As pessoas acreditam na própria falta de exatidão. Acredite.

Beijocas.

Andréia disse...

extasiado, conflito, perigo, tempestade, são palavras que me remetem a uma outra palavra... INTENSIDADE. E pra mim se as coisas não remetem a essa palavra, é td mto sem graça demais. Tudo depende da forma como vc encara os acontecimentos. Vc teve um fim de semana mto bom, outros melhores virão, virão novas tempestades tb, novos conflitos, faz parte da vida. E o sentido da vida é justamente abstrair o que há de melhor naquilo que poderá lhe trazer dissabores.
John, contos de fadas realmente não existem, mas vc pode tornar sua realidade no minímo levemente parecida com seu sonho. Pra mim ser forte é ter a capacidade de sonhar, de acreditar...dessa forma acho extremamente possível sobreviver a essa selva.
E embora o mundo talvez esteja dominado por pessoas más, estúpidas, mentirosas e traidoras, ainda existem pessoas que valem a pena. Acredite!

Bjos!

poetriz disse...

Alguns de nós nasceram pra solidão. Que há de se fazer? Nem adianta se enganar com esses dois minutos de luz e felicidade. Isso é só a subida pra cair novamente...

Hj, nem ouvindo Amelie Polain, eu me senti melhor.

Bjs!

Lyani disse...

"mais uma vez me deixei iludir pela maldita calmaria antes da tempestade"

Quem não se iludiu, ou se ilude ou continua sempre se iludindo com isso?

E eu sou da mesma opnião do Dauri, abre esse final de semana bonito... deixa um raio de sol entrar aqui, afastar um pouco das sombras... deixa!

Bjos

Estava Perdida no Mar disse...

Se quiser:
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=51428438

Lizzie disse...

John, acredito que a lei do sentimento impera, o que precisamos é saber usá-la. Só posso dizer-te uma coisa:

"Ama, e cala.
O resto é nada."



Beijos, saudade.
www.lizziepohlmann.com

Booperfly disse...

Nossa, gostei demais do texto e até me identifiquei com algumas partes.
Bjos,
Paulinha
http://booperfly.fairy-tales.com.br/

♥ Camila disse...

Aiiii quanta negatividade!
hahahahah

PENSAMENTOS POSITIVOS!
\o/

Alice disse...

Olá !! vim ler-te e matar as saudades !!
bjus
Alice

Di disse...

Olha, prefiro não me apegar a pensamentos assim. Se bem não fazem, então...

Espero que tenha resolvido as coisas por aí.

jessica_bds_gatinha disse...

Nossa muiito massa em vc realmente tem razãO q se foda essas pessoas q vivem q conto e fadas ...tem q ser assim me add nu orkut >jessica_bds_gatinha2yahoo.com.br

Anônimo disse...

I seldom leave comments on blog, but I have been to this post which was recommended by my friend, lots of valuable details, thanks again.

contos e fantasias disse...

é assim mesmo , a vida não tem sentindo...
é triste e solitária