quarta-feira, 9 de abril de 2008

Me Diz, Qual é o seu problema, Cara?

Talvez nas poucas páginas que restam nesse caderno eu possa escrever sobre mim. Sobre o que penso, ou então, apenas fazer o tempo passar mais depressa.

Pra falar a verdade, não faço a mínima idéia de como começar. E se que quando começar não vou conseguir parar. Mas acho que essa é a proposta. Acho que ultimamente ando sofrendo do que as pessoas chamam de Crise de Identidade. Eu diria que isso é nome de Revista em Quadrinhos. Uma série muito boa por sinal. Tenho vivido por metas e quando alcanço essas metas me desanimo. Não tenho lido muito nem desenhado. Apenas assisto, copio e me degenero junto com o resto dos idiotas que chamamos de Pessoas. Pode ser Culpa da Internet?
Até pode ser, mas acho que somos bem mais culpados por usá-la mal. To dando uma de terapeuta, sociólogo ou sei lá o que! A propósito, odeio terapeutas!
Era só o que faltava!

Sabe quando você pensa que alguém pode mudar sua vida? Aí você encontra alguém e descobre que a droga da mudança não acontece. Você continua o mesmo cretino e idiota de sempre.
Já me orgulhei de ser cretino, mas ultimamente estou mais pra um eremita ou algo do tipo. Algumas coisas só acontecem pra te lembrar que você é um ser humano miserável e repugnante que sempre vai precisar de outro ser humano pra não ter o sentimento de estar “sozinho”. Eu gosto de estar sozinho, mas sei que não posso ficar sozinho. Ou pelo menos não devo. Eu não gosto das pessoas e se por isso me odeio só de saber que sou uma delas. Quer saber os motivos? Tudo bem! Vou lhe dar apenas seis motivos.

1 – Pessoas Mentem.

2 – Pessoas Traem.

3 – Pessoas Querem sempre estar acima das outras.

4 – Pessoas são egoístas.

5 – Pessoas precisam de outras pessoas e isso quer dizer, milhares de pessoas.

6 – Pessoas morrem.


Não que morrer seja ruim, mas logo quando você está se apegando a elas e achando que tudo está bem, elas morrem. Elas sempre morrem. O que mais me irrita é saber que faço tudo isso também. Acho que da pra entender. Não gosto que as pessoas me conheçam. Se eu não quiser conhece-las, então não venha até mim. Poucos amigos, por favor. Eu tenho a minha vida e como já diz: É MINHA VIDA! Não quero meros mortais achando que podem ser como papparazis tentando invadi-la. Eu abro a porta e eu fecho. Está me achando um pouco grosso? Arrogante? PROBLEMA É SEU! Se você quer continuar a quebrar a cara, o problema é seu! Eu não quero! Me chame do que quiser! Não dou a mínima. Se desse já teria dado razão pra muitos me odiarem. Uma vez uma terapeuta disse que eu era um Sociopata. Dizem que sou cínico. Farsante e coisa do tipo. Algum problema com isso? Todo mundo já foi cínico uma dia. Eu sou todo dia! E daí?
Esse sou eu! Sorria! Não gostou? Problema é seu!

Acha que eu nunca quis mudar? Já quis muitas vezes, mas acabei crendo que não valia a pena. Ninguém é honesto o bastante, nem totalmente. Eu que não vou ser o primeiro.
Se você ta escandalizado, horrorizado ou sei lá mais o que, então nem continua a ler! Já percebeu que a vida é baseada em mentiras. Mentiras que parecem verdades. Tudo o que você faz não parece o bastante, então se inventa algo mais pra colaborar com o resto da historia. No fundo, todos somos mentirosos compulsivos. Uns mais e outros menos. Mas somos. Pra falar a verdade nem sei por que to escrevendo isso.

Quer saber? No fundo, acho que aquela terapeuta filha da mãe tinha alguma razão, sabe? Sobre todo aquele assunto de sociopatia e tal.

Por Vanrogue

5 comentários:

Dauri Batisti disse...

Li o que você escreveu e digo: não sei o que dizer e nem sei se é pra dizer alguma coisa. O que está ai no "caderno" é pra ler. Eu li. Outras páginas virão. Não preciso entender tudo, não preciso entender nada, só ler o texto. O que está aqui no caderno é o texto, não você. Quero ler o texto.

BAh disse...

Algo me diz que alguma coisa te aborreceu... Mas o que posso dizer além do que você já disse? As pessoas mentem, traem, morrem, matam. Infelizmente, é esta a realidade.

Camilinha disse...

muitas vezes vivemos matrix... entende?!

deixa rolar...

que nem disse a Clarice Lispector:

o cachorro é livre porque não se indaga...


beijos daqui...

Lyani disse...

Concordo com o Dauri. O que vocês tão profundamente escrevem neste caderno é para ler. E leio. Leio aspirando as palavras, depois respirando fundo pra absorver. Falar o quê? Não há nada a falar... o que tinha pra entender, já foi entendido.
Continuem!

日月神教-任我行 disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,a片,線上遊戲,色情遊戲,日本a片,性愛