quinta-feira, 17 de abril de 2008

Saudades...

Sinto sua falta, eu sei que já se foram anos desde a ultima vez que nos falamos você não sabe o quanto eu queria te ter aqui ao meu lado, sabe eu sei que nunca te disse isso, mas é muito difícil pra mim pensar no futuro desde que você partiu, não é um drama que eu faço só pra pedir um pouco de atenção, não, é apenas o simples fato de que não existe futuro pra mim sem você, ou pelo menos não o futuro que eu desejava, acho que futuro não é a melhor palavra, sonhos, isso sonhos, sabe aqueles sonhos que você leva a vida projetando desde o mais simples e trivial ao mais complexo todos eles tinham algo em comum, todos eles tinham você e depois que você se foi, eu perdi meu chão, sei que não é justo dizer estas coisas pra você, sei que não é sua culpa, mas eu queria que soubesse, quando você se foi eu não pude te dizer, não tinha palavras eu odiei eu briguei eu culpei a tudo e a todos, culpei a Deus culpei a mim, e perdi muito tempo procurando culpados pra tudo que eu não conseguia explicar, foi uma longa caminhada até perceber que estava feito e que não dava pra voltar atrás.

Eu sabia que havia perdido uma coisa quando te perdi, sabia que parte de mim se foi junto com você, eu vi a pessoa que eu era se desfazendo e esfarelando sem sentido e sem motivos pra reagir, eu não tinha mais um objetivo não tinha mais sonhos e não sabia por que era incapas de me prover de novos sonhos. Não fazia sentido planejar, era inútil, foi como descobrir que algo que você jurava ser pra sempre pode se acabar em segundos e ai, você nunca mais consegue olhar pro mundo da mesma forma, algo muda em você e algo mudou drasticamente em mim, acho que aquele garoto otimista, apaixonado, inteligente e bobo morreu naquele mesmo dia. e Foi só quando notei isso é que segui em frente realmente, não aquele garoto, mas outro, menos apaixonado, sem sonhos, e um pouco menos bobo também, afinal quando você vive algo assim é difícil manter aquela inocência boba onde tudo termina com o felizes para sempre...

Desculpe-me se levei anos para escrever estas linhas me desculpe se elas muito mal explicam o que sinto e o quanto sinto sua falta, sei que você nunca lerá estas palavras, e de certa forma isso me consola, sei o quanto você era chato com essas coisas e sei que não sou como os vários escritores que você devorava sem piedade, mesmo assim só queria dizer que não sou mais como era antes, ainda não aprendi como sonhar outra vez, e não sei se teria orgulho do que me tornei, mas estou tentando e queria que de alguma forma você soubesse que muitas vezes foi você, foi o sentir saudades, foram às lembranças e historias que me deram a força pra continuar.

Acho que no fim só queria dizer que sinto saudades...
Por John Doe

11 comentários:

BAh disse...

Sentir saudade é ruim. Este sentimento de perda, de se sentir perdido, de não encontrar o rumo, de não conseguir sonhar é uma coisa terrível. Mas passa; e ensina a viver.

nj.marabuto disse...

sei bem que MERDA se sentir assim!

sei também que, bem ou mal, muito embora não escolhamos quem nos cativa, a responsabilidade por ficarmos assim é inteiramente nossa.

sei ainda que o tempo só reitera e consolida a falibilidade das instituições sociais, do ser humano — mas que as decepções e o ceticismo, a consciência da realidade como ela é não pode nos privar do velho brilho nos olhos, da fé de infante idealista... não por uma insistência ingênua e estúpida em quebrar a cara...

porque sei que acreditar é mais importante mesmo que conquistar.

abraço! comentei teu outro post tb.
flw

nj.marabuto disse...

cheguei até aqui pelo blog da camila (pés descalços). beleza, vamos procurar a tal taberna. hehe

abraço.

Andréia disse...

q pena!
pra mim... não pra vc.

Dauri Batisti disse...

A frase final é perfeita. Pelo modo que foi escrita, pelo significado.

John Doe disse...

Sentir saudades de alguém que já se foi nunca é bom, principalmente se esse alguém nunca mais irá voltar...

Dauri Obrigado por os elogios em todos os textos que tenho postado, estou sempre buscando usar suas dicas e incrementar os textos com os elogios anteriores...

Alice disse...

Sentir saudades é simples e escrever também. Você disse em um comentário que não conseguia fazer poesia. Mas fez. O não calar e se mostrar já é o processo poético e também, liberdade em palavras já é um poema. Que seja carta, desabafo ou uma letra única. Se existe e se foi lido, é poema, é poesia. O resto é coisa pra crítico e eles não entendem nada - ou quase nada.

Um abraço

Letícia

Jacinta disse...

Ei John,
texto bonito que demarca sentimentos que vamos aprendendo a cultivar desde pequenininhos. Saudade...quanto mais distante mais forte fica. Gostei
Um abraço
Jacinta

Ana Cláudia disse...

Encontrei este blog por acaso, e que feliz acaso!
Acabo de derramar longas e repetitivas lágrimas.
Todas as palavras tão puras, tão certas, exatamente na medida da minha saudade.

Obrigada por ter escrito, obrigada destino por permitir que eu lesse.

Acho que ainda voltarei aqui mais algumas dezenas de vezes para ler essas palavras, para acalmar meus sentimentos.

Parabéns.

Jean Carlos disse...

De forma alguma, ele vai deixar de ler algo tão lindo mesmo que seja no dia do juizo final, ou reclamar de tanta sinceridade, pois a poesia, não é feita de palavras bonitas, e sim de sentimentos, com tantos sentimentos as palavras toama espaço no coração dele! Ele não foi o melhor homem deste mundo, mas foi o melhor pra você, assim como você não foi o melhor escritor do mundo mas com toda certeza absoluta foi o melhor dos melhores pra ele!

日月神教-任我行 disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,a片,線上遊戲,色情遊戲,日本a片,性愛