sábado, 9 de fevereiro de 2008

Deliriun and Disaster...

AAAAAhhhhh... To sem tempo, sem paciencia e sem inspiração então só pra não ser sacana demais e deixar isso largado de novo, vou deixar um texto feito pelo meu primo:

A verdade é que cansei de ver um monte de coisas escritas em inglês, e o pior, gente como eu, escrevendo em inglês ao invés de fazer valer sua lingua raiz. Tenha orgulho da sua lingua caara ¬¬ Minha arte é algo que faço pra mim mesmo... nao faço pra você, não faço pra ser reconhecido, nao faço pra ganhar dinheiro (o que ultimamente ta mais que dificil ¬¬). Faço pra Satisfação propria. Faço pra auto-realização e como uma maneira mais facil de expressar as coisas que estão dentro dessa caixa obscura que chamamos de mente. Se expressar vai além de ser perfeito em traços ou cores. É sua forma de mostrar ao mundo como você sente, ouve, vê e imagina as coisas! Traços retos ou tortos! Isso é arte! Pra nao deixar de ser eu vou terminar aqui com uma frase legal ^^ "Se não gostou da galeria, O PROBLEMA É TEEEEEU!!! Cai foooora e vai dormi tranquiloo otario ¬¬ ... Se gostou... Obrigado e agradeço pelo voto de bom gosto!" "Volte sempre aos seus pesadelos, querida!" *Autor: Eu mesmo ¬¬*

Já sabem agora quem herdou os dotes artisticos na familia...

http://vanrogue.deviantart.com/
http://screamsofdisaster.blogspot.com/

4 comentários:

Flavia disse...

Lembrei de um texto da Clarice que ela diz que ama a língua portuguesa:

"Se eu fosse muda, e também não pudesse escrever, e me perguntassem a que língua eu queria pertencer, eu diria: inglês, que é preciso e belo. Mas como não nasci muda e pude escrever, tornou-se absolutamente claro para mim que eu queria mesmo era escrever em português. Eu até queria não ter aprendido outras línguas: só para que a minha abordagem do português fosse virgem e límpida."

John Doe disse...

O Muleke é bom, tanto no traço quanto com as palavras tem futuro...

BAh disse...

Eu sou da opinião, de fato, que a língua mãe DEVE mesmo ser a mais valorizada.
Entretanto, quando se tem uma certa "paixão" por idiomas estrangeiros, como é meu caso, eu gosto de escrever em outras línguas para praticar. Nada além disso... hehehe

Quanto ao fato de estar tudo bem. É engraçado, mas quanto melhor eu me sinto, menos eu escrevo.
Bom saber que vc está bem.

Bom fim de semana!

Anônimo disse...

bom comeco