sexta-feira, 27 de junho de 2008

Life on Mars???

Estou surtando, fiquei dias sem escrever aqui, preciso me desculpar por isso, mas prometi para mim mesmo que não iria ficar jogando qualquer porcaria por aqui, decidi que aqui só escreveria quando tivesse realmente algo para dizer e sabe, durantes as ultimas semanas fiquei olhando este filme passar, um filme realmente chato e imaginando quando iria mudar, vivendo uma vida programada como todos nós vivemos levantando, indo trabalhar, voltando para casa e sentando na frente de uma tela que não tem nada a nos dizer.

Somos induzidos a uma vida sem sentido e ficamos por horas a procurar o sentido nisso, pode parecer loucura, mas não nos damos conta que vivemos o show de outra pessoa e quem sabe em algum lugar alguém esta sentado nos observando numa tela de prata como o seu show favorito, admito, a idéia do texto novamente não é original, fui induzido pela perfeição da série e musica Life on Mars, mas é que fiquei realmente inconformado e compelido a declarar toda esta impotência, quem já viu show de Truhman vai entender, estou preso num mundo criado por mim mesmo e só para mim, e eu continuo a procurar um sentido para não viver a ausência total dos sentidos ditos humanos, quem sabe por que não viver uma Life on Mars...

Vou criar um mundo só meu e viver um felizes para sempre, ser quem a minha consciência e todos os meus sentidos dizem que eu deveria ser apesar de tudo ao meu redor dizer drasticamente que não, viver uma Life on mars dentro da minha cabeça, ser aquela cara durão, salvar a mocinha, derrubar os bandidos e ser recompensado no final, afinal existe uma Life on Mars... Minha historia como na musica, já foi escrita e lida varias vezes e está prestes a se reescrever outra vez... Numa nova Life on Mars...

17 comentários:

BAh disse...

Esse show de Trhuman já me fez pensar muito nessas questões de eu, de repente ser o programa preferido de alguém sem eu nem mesmo fazer idéia...

Fazer um mundo só seu pode ser uma boa, mas não sempre. A fuga da realidade é essencial, mas não pode se tornar algo que sempre se sobrepõe à própria realidade...

A.r.t.h.u.r disse...

engraçado, postei algo semelhante no meu blog, relamente a vida se tornou previsível demais.

Depois dá uma passada lá...Olhei eu site lá "Multiverso HQ", muito bom!

Até mais!...vlw

Orelha ® disse...

Invejo sua rotina (estou invejando o mundo que me cerca hoje em 9 dos meus 10 comentários comecei assim mas eh verdade) não pense que rodar seu próprio Show (trato o meu como um filme pois sei que será curto) lhe deixa comandar o mundo você terá que lidar com orçamentos e atores indispostos e fracos para papeis importantes, te digo apenas viva assim como pode e não de muita bola ou você pode pirar ou entrar em conflito.

Não que não deva tentar mudar algo mas lembre quem nem sempre a recompensa será boa ou que nem sempre seras levado a serio mas enfim se não te emportas com o resto faça como eu sejas taxado de louco e chegaremos lá
"afinal se não fosse loucura não haveria esperança"
entre aspas porque alguem já disse isso e estou bebado demais para lembrar e sobrio demais para esquecer que esse alguem seja eu e me manda um tequila xD

Déia disse...

Se vc ainda busca um sentido, sinal de que nem tudo está perdido, o problema é quando vc desiste de tudo.
Eu entendo perfeitamente vc, também me sinto dessa forma, alías, vivo dessa forma, tentando criar um "felizes para sempre", procurando um sentido...
mas quem sabe um dia sejamas capazer de reescrever nossa vida com um contexto diferente, e se a sua está prestes a ser reescrita, talvez essa seja sua oportunidade de fazer diferente.

até!
Andréia.

Di disse...

Achei que todo escritor (de blog ou não) já tivesse um mundinho só seu.

Lembrei do documentário "The secret" com esse teu post tb. No documentário dizia que a gente atrai coisas boas com pensamentos bons. Pode não resolver tudo, mas ajuda um pouco.

edson marques disse...

Desde que seja uma New Life on Mars... que bom!


Não procurar sentidos na vida: criá-los, ao sabor do momento: isso é ótimo!



Abraços, flores, estrelas..

Lyani disse...

"Vou criar um mundo só meu e viver um felizes para sempre"
Hum... realmente parece bom!
E que bom que voltou à escrever...
"Que seja doce" à lá Caio F. pra ti!
Bjosss

Dauri Batisti disse...

Que bom que vôcê voltou a postar aqui no "caderno" seus escritos. Como diria Adélia Prado, alguns nasceram pra sofrer, outros para escrever.

Abraço.

camila disse...

Quando surtar.... escreva! Mesmo que não publique... é uma forma de descarregar seus sentimentos!
Beijo
=)

Ps. Que bom que voltou.

Daah Oliveira disse...

Eu preciso fazer isso lá no meu blog.

Yu disse...

no fundo no fundo.. é só o q todo mundof az.. cria um mundo proprio.. observavel e interligado a outros mundos.. mas um mundo proprio, onde vc narra a sua historia presencia as alheias de uma maneira q só vc determina...^^

Jacinta Dantas disse...

Pois é John,
o legal da vida é que, pra mim, ela não vem escrita. A gente vai escrevendo e reescrevendo conforme vai vivendo. E você a está escrevendo. Que bom te ler de novo.
Um abraço

Vampira disse...

Oi, te achei no MUDE...vou virar habitué !!

doces mordidas

Flor disse...

John... nao da pra viver um mundo só seu... compartilhe e seja feliz!
beiju

:: Luca :: disse...

Compartilha comigo... ;)

Beto Mathos disse...

O mundo perfeito é o que temos por dentro.
Grande abraço!

Plinio Uhl disse...

sempre achei que, só por que não percebemos os fios, não quer dizer que não haja um titereiro.

abraços.